Amor em fases

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Miriam Gimenes

O ‘felizes para sempre’ pode ser até desacreditado por muita gente. Mas o fato é que há ainda quem aposte no amor e, em nome deste sentimento, rompa barreiras, muitas delas impostas pela sociedade, idealize ‘castelos’ e projete o futuro a dois. Vive, portanto, o sentimento intensamente, em todas as suas fases. E é baseado neste grupo que foi produzida a série O Amor é Lindo, que será exibida a partir de hoje – e toda sexta-feira –, às 23h30, no GNT. A produção é da Bossa Nova Films.

A ideia da série é relatar as expectativas e reflexões sobre dois momentos fundamentais em um relacionamento amoroso: o casamento, quando, com ou sem testemunhas, se jura amor eterno, e as bodas que, independentemente do tempo de vivência do casal, confirmam os primeiros votos e celebram a fé e o esforço de manter o casamento apesar do cotidiano, muitas vezes, desgastante.

Em cada sexta-feira, serão contadas as histórias de dois casais, um deles começando a vida juntos e outro dando o relato após alguns anos de convivência. O interessante é identificar nestes cases o que faz com que o amor dessas pessoas sobreviva após tantos anos juntas e algumas intempéries.

Segundo a diretora artística do GNT, Mariana Koehler, este projeto foi feito com muito carinho e transmitirá, com certeza, a emoção dos envolvidos em cada um dos 12 episódios. “Nasceu de uma vontade de falar de amor, do que une as pessoas e as mantêm unidas, apesar dos pesares. Talvez esse seja um momento oportuno, porque precisamos mesmo falar de amor em tempos de tantas incertezas e dificuldades como os de hoje.”

Para tanto, foram retratadas inúmeras histórias, entre elas a do casal Sônia e Moacir, que se conheceu aos 13 anos e, desde então, são o primeiro e único amor um do outro; tem também a de Célia, 25 anos mais velha que sua companheira Ligia; e a de Laís e Rafael, que passam bem longe do ‘amor à primeira vista’ depois de tantos encontros e desencontros. É de assistir com o lenço em punho. 




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2018. Todos os direitos reservados