Segunda edição da Maratona Cultural de Diadema terá cerca de 50 horas de atividades

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Luís Felipe Soares<br>Do Diário do Grande ABC

Diadema abre os braços para seus representantes de diversas linguagens culturais. Artistas e obras de teatro, dança, música, artes plásticas, circo, poesia e cinema de várias vertentes estarão reunidos em quase 50 horas de atividades gratuitas espalhadas por pontos da cidade. Agitação e consumo de conteúdo, principalmente o local, prometem ser a marca da Maratona Cultural 2019, que ocorre entre sexta-feira e domingo com expectativa de receber público de 100 mil pessoas ao longo do fim de semana.
 
A segunda edição terá atrações para crianças, jovens e adultos. No ano passado, as atividades chamaram a atenção da população e de visitantes. Cerca de 25 mil pessoas circularam entre as apresentações de mais de 72 ações artísticas. “Sentimos que a cidade está se abrindo para o projeto. Não é algo fechado para certo tipo de público. Pelo contrário. Há famílias, amigos, alunos de oficinas, arte-educadores. Isso amplia todo um universo. A proposta é oxigenar cada metro quadrado com ações em foco em cultura”, afirma Eduardo Minas, secretário de Cultura de Diadema, ressaltando que mais de 80% da agenda é formada por talentos do município. “Nossa grande atenção é trazer o protagonismo para a cena cultural local. Os artistas da cidade estão muito presentes e nos ajudaram de maneira direta para revelar uma festa de pluralidade.”
 
Chamamento público esteve aberto no primeiro semestre para que interessados pudessem inscrever seus projetos e brigar por espaço na agenda. Por volta de 2.000 pessoas foram selecionadas, entre figuras solos, grupos, companhias e coletivos, gerando 80 atrações para, praticamente, todos os gostos e estilos.
 
OPÇÕES
 
A abertura, na sexta-feira, ocorre às 19h, no Teatro Clara Nunes (Rua Graciosa, 300), onde a Cia. de Danças de Diadema mostra a coreografia Força Fluída e vivências desenvolvidas no programa Vem Dançar. O Parque do Paço abre a Arena Secret, destinada à música eletrônica na primeira madrugada, das 19h às 6h, com DJs se revezando nas pickups. Grupos de rap desfilam suas rimas e organizam batalhas a partir das 20h, na Praça Lauro Gomes, com o veterano Ndee Naldinho marcando presença. 
 
A programação de sábado terá caminhada cultural de paz, a partir das 8h, da Praça dos Emancipadores até a Praça Lauro Michels. O Circo Escola Diadema (Av. Afonso Monteiro da Cruz, 259) abre as portas, das 15h às 18h e das 19h às 20h, para performances de estudantes do grupo avançado do processo de formação circense. A Orquestra Municipal Diadema realiza concerto especial no pido G5 do Shopping Praça da Moça (Rua Manoel da Nóbrega, 712), às 19h. O Teatro Clara Nunes, às 22h30, será tomado por piadas e tiradas cômicas de convidados no Diadema Comedy Night.
 
No domingo, a Casa do Hip-Hop (Rua 24 de Maio, 38) explora, a partir das 14h, batalha de dança para todas as idades. Trilha sonora mais pesada toma conta da Praça Lauro Michels, também às 14h, na Arena Rock, com cinco bandas realizando shows. O encerramento da maratona ocorre no mesmo local, às 19h, quando o Beatles 4ever viaja pelo repertório do grupo britânico.
 

“É um evento que resulta em movimentação para toda Diadema. A cultura abre possibilidade de desenvolvimento social, universalizar por meio de linguagens, unir pessoas”, diz Eduardo Minas. Lista com todas as ações da Maratona Cultural 2019 pode ser vista no site da Prefeitura (www.diadema.sp.gov.br) ou sua página no Facebook (www.facebook.com/maratonadiadema). 




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2019. Todos os direitos reservados