Clã da Dança faz chamamento para cursos e encontros gratuitos sobre mestres e mestras da cultura popular brasileira

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Da Redação

A cia O Clã da Dança recebe inscrições, até o dia 10 de março, para uma série de encontros sobre a atuação de mestres e mestras na cultura popular brasileira. Serão palestras e uma residência artística sobre figuras como o Caboclo de Lança (Maracatu Rural), o Mestre da Congada, o Bastião do Cavalo Marinho e o Vaqueiro de Fitas (Bumba Meu Boi). Para participar basta ter mais de 16 anos. O site para participar é linktr.ee/chaodememorias. Veja a programação:

Agenda:

Palestra com Helder Vasconcelos
Dias: 12/03 e 19/03 das 19h às 22h
Tema: Mestres e Mestras da Cultura Popular Brasileira e os guardiões de uma visão de mundo integrado.

Ao longo desses 28 anos de convivência com as tradições populares do Cavalo Marinho e Maracatu Rural, manifestações da Zona da Mata Norte de Pernambuco, Helder Vasconcelos tem dialogado com diversos Mestres e Mestras, creditando a todos uma parte fundamental de sua formação como músico, ator e dançarino. Além de fazer parte dessas tradições, Helder tem sua própria experiência como Mestre na brincadeira do Boi Marinho que faz parte do Carnaval de Recife e Olinda desde o ano de 2000. A proposta dos encontros é levar para o público sua experiência de convivência com os Mestres e Mestras da cultura popular como Mestre Salustiano, Grimário, Biu Alexandre, Nice, Inácio Lucindo, Barachinha, Zé Joaquim, Bi e tantos outros.


Oficina Diáspora Cultural com a Cia O Clã da Dança
Dias - 13/03 e 20/03 das 13h às 16h
14/03 e 21/03 das 09h às 12h

O Clã da Dança tem como proposta de encenação o diálogo entre as figuras das manifestações populares com a contemporaneidade se preocupando com a representatividade dos mestres e das mestras, com mulheres brincantes utilizando como construção cênica e corporal as figuras de manifestações como o Caboclo de Lança (Maracatu Rural); o Mestre da Congada; o Bastião do Cavalo Marinho e as figuras do Guerreiro e o Vaqueiro de Fitas (Bumba Meu Boi). O trabalho corporal das intérpretes é pautado na técnica do Butô em conexão com os trupes. Nos encontros com a Cia serão abordados os aspectos físicos e temáticos do espetáculo “Chão de Memórias”.


Sobre o espetáculo “Chão de Memórias”.
De 28 de fevereiro a 28 de março acontece a apresentação do espetáculo “Chão de Memórias” da Cia O Clã da Dança no YouTube. Formado por 5 mulheres de Pindamonhangaba, interior de São Paulo, o grupo reverencia mestres e mestras da cultura popular brasileira abordando festejos populares e cortejos peregrinos em estradas de terra.

Com foco nas histórias dos mestres, que foram construídas em vários territórios demarcados pela cultura patriarcal e eurocêntrica, “Chão de Memórias” mostra a mulher ocupando o espaço que por muito tempo foi dirigido e “apitado” por homens, por mestres.

Serviços:
Palestra com Helder Vasconcelos
Dias - 12/03 e 19/03 das 19h às 22h

Oficina Diáspora Cultural com a Cia O Clã da Dança
Dias - 13/03 e 20/03 das 13h às 16h
14/03 e 21/03 das 09h às 12h




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2021. Todos os direitos reservados