Companhia de balé comemora 40 anos com espetáculo

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Karine Manchini

 Trazendo elegância, disciplina e figurinos que encantam, a obra H.U.L.D.A estreia amanhã no Teatro Santander, em São Paulo. Em comemoração aos 40 anos da Companhia Cisne Negro de Dança, uma das mais famosas e antigas do País, a instituição faz homenagem para Hulda Bittencourt, bailarina e coreógrafa que fundou o estúdio.

A apresentação se baseia em fatos da vida da dançarina e é dividida em cinco blocos: Horizonte, que conta a luta e a perseverança de Hulda;  União retrata a realização dela ao criar a academia e as parcerias que garantiram o sucesso; Liberdade, que permitiu conduzir a companhia, inaugurada com homens e com escolhas ecléticas; Dança significa a pluralidade que favorece diversas manifestações de dança que existem; e, por fim, o Amor, simbolizando a devoção da dançarina pela arte.

O espetáculo conta com a participação de Dany Bittencourt, diretora artística da Cisne Negro, Rui Moreira, coreógrafo, e as bailarinas Ana Botafogo e Daniela Severian. H.U.L.D.A também conta com a colaboração do figurinista Fábio Namatame.

PRIVILÉGIO
Apaixonada por balé desde criança, Clarissa Braga, 25 anos, trabalha na companhia há três e vai participar da homenagem representando Hulda logo no início do espetáculo. Mesmo com ensaios diários e intensos, a jovem gosta do estilo da instituição por ter uma característica diversificada, o que ajuda no crescimento e aprendizagem do bailarino. “É muito especial fazer parte desse momento. No Brasil é muito difícil manter uma companhia de dança pública ou privada. É realmente grande vitória chegar tão longe”, conta Clarissa.

> H.U.L.DA – Espetáculo de dança. Teatro Santander, Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, 2.041, em São Paulo. De 21 a 30 de abril. Quinta e sexta, às 21h. Sábado, às 18h e 21h. Domingos, às 16h e 19h. Ingressos a partir de R$ 25.




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2017. Todos os direitos reservados