Uma pitada de açafrão

Envie para um(a) amigo(a) Imprimir Comentar A- A A+

Compartilhe:

Alessandra Nunes

O açafrão-da-terra, também conhecido como cúrcuma (cúrcuma longa) é da mesma família do gengibre, e tanto a sua folhagem quanto a raiz são parecidas, diferenciando-se pela coloração interna.

É muito usado na Índia e por diversas tribos indígenas há milhares de anos como especiaria e também como erva medicinal.  Sua utilização mais comum é na forma de tempero ou corante por conta de sua cor amarela vibrante. 

Na indústria alimentícia é usado para colorir laticínios, bebidas, condimentos (como a mostarda, por exemplo), sopas, molhos, pratos à base de feijão, batatas, couve-flor e até pães. 

Rico em ferro, manganês, B6 (vitamina importante para o sistema nervoso), magnésio (importante para o metabolismo da glicose, e potássio (que ajuda a regular a pressão arterial). Rico em compostos antioxidantes, como a curcumina, que protegem o organismo da ação negativa dos radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento precoce das células. É a curcumina que confere ao açafrão um sabor ligeiramente amargo e picante, com um cheiro bastante característico que lembra a mostarda.

Além da ação antioxidante, a curcumina é anti-inflamatória, antibacteriana, antiviral, antifúngica, auxilia na redução dos níveis de colesterol e glicemia. Pesquisa mais recente tem associado o uso do açafrão na melhora da função cerebral, especialmente em pacientes com Alzheimer. Foi documentado um efeito neurotrófico, que é responsável pela multiplicação de neurônios e formação de novas redes e sinapses entre eles.

Com mil e uma funções, tem também inúmeras utilidades, podendo ser usado em sucos, sopas, pães, bolos, biscoitos, omeletes, tapiocas, e também em aves, carnes e cozidos, legumes, arroz, feijão, ervilha etc.

Como tudo na vida depende da dose certa, o excesso do consumo de açafrão também causa problemas como náuseas, diarreia, queda de pressão arterial, aumento do fluxo menstrual e dores no estômago.

Pessoas que fazem uso de medicamentos anticoagulantes também não devem usar açafrão (salvo sob recomendação do médico ou nutricionista).

Quer uma dose de saúde diária? Segue uma receita fácil de fazer:

 

Ingredientes: 

1 limão siciliano (espremido com a mão)

1 colher (café) de vinagre de maçã

50 ml de água morna

1 colher (café) de zedoária em pó (compre em lojas de produtos naturais) 

1 colher (café) de cúrcuma em pó

1 pitada de pimenta-do-reino branca, moída na hora.

 

Modo: misture tudo e beba de uma vez (sem fazer careta!). Recomenda-se ingerir em jejum e aguardar 30 minutos para consumir algum alimento. Atenção! Pessoas com hipersensibilidade gástrica não devem fazer uso dessa receita.




Diário do Grande ABC. Copyright © 1991- 2019. Todos os direitos reservados